5 de maio de 2016

Meus novos favoritos sem glúten/lactose


Olha quem resolveu aparecer! Gente, desculpa mesmo. Mas a faculdade está sugando toda a energia vital existente no meu corpo e acaba não sobrando nenhuma ideia do que postar aqui. (Acho que vocês não querem posts científicos, né? Porque é só isso que eu tenho em mente no momento) haha

Enfim, hoje estou trazendo coisa boa aqui no blog: COMIDA! Sei que muitas pessoas tem o mesmo problema que o meu e que possuem muita dificuldade para encontrar produtos de qualidade e que sejam gostosos para comer.

Algum tempo atrás eu descobri que era intolerante a glúten e lactose e fiz uma listinha de produtos que eu tinha acabado de conhecer. Agora que estou um pouco mais experiente no assunto e que existem muito mais opções no mercado, resolvi fazer uma outra listinha com produtos diferentes daqueles (que ainda utilizo) e que eu estou amando! ♥


PRODUTOS DA FRED: Essa marca eu conheci a pouco tempo quando encontrei essa pizza maravilhosa em uma lojinha que tem perto do meu trabalho. Fiquei com um pouco de medo de comprar, devido ao preço e frustrações que eu tive em relação à pizzas e outras massas. Mas para a minha surpresa ela é maravilhosa. ♥ Então, quando vi outros produtos da marca, não pensei duas vezes e comprei. Experimentei o bolo de chocolate (tem também nos sabores: milho, laranja e cenoura) e adorei, porque a maioria dos bolos que eu havia comprado sempre eram meio ásperos, parecendo areia, devido ao que eu acredito, ser a farinha de arroz; mas esse é muito fofinho e macio. Também experimentei a torrada (passei cottage nela), não gostei muito da textura, mas mesmo assim ainda achei melhor do que as outras que eu provei.


ITAMBÉM NOLAC: É outra linha de produtos que vem salvando a minha vida. Eu nunca gostei muito de achocolatado, mas na hora que você não tem nada doce para degustar, qualquer coisa vale, né? Então fui lá no Pão de açúcar pra ver se tinha algo de diferente para eu comer e encontrei essa maravilha. Gente, eu nunca pensei que eu fosse gostar tanto de um achocolatado como eu gosto agora deste. O leite condensado eu não uso muito, porque eu acabei me acostumando a não comer coisas muito doces e o gosto dele me incomoda um pouco agora, então eu só uso quando estou com vontade de comer pudim. :)

VERDE CAMPO: O que dizer do queijo cottage? Foi a melhor descoberta que eu fiz! Eu nunca havia provado queijo cottage na vida e um dia eu acabei encontrando no mercado esse da Verde Campo (aliás, são eles que fazem a mussarela da pizza da Fred ♥), acabei usando ele em um pão que eu tinha em casa (não lembro de que marca agora) junto com orégano e tomate. Fiquei apaixonada!


TIROLEZ: A Tirolez lançou uma linha de produtos zero lactose, mas eu só provei até agora a mussarela e adorei, o preço não é tão salgado e ela rende bastante, acabo usando para muitas coisas. Vou tentar me emprenhar mais e fazer receitinhas com esses produtos para postar aqui no blog, ok?

GRANI AMICI: Não experimentei nenhum outro produto desta marca, somente o o minibolo. Já experimentei todos os sabores dele, mas o único que me agradou foi o de baunilha. Ele é um bolinho normal, fofinho até, mas tem uma textura que não me agrada muito. Mas como sempre que me dá vontade de comer algo doce e estou com preguiça de procurar. hahaha

VERDE CAMPO: E mais um produto da Verde Campo que eu adoro. Utilizo esse iogurte em receitas como bolos e tortas porque ele deixa bem mais fofinho e macio do que se eu for utilizar água ou leite sem lactose. Eles possuem o produto em outros sabores também, mas eu ainda não experimentei.

Se alguém tiver mais alguma sugestão, pode deixar nos comentários. Eu vou adorar conhecer produtos novos!

27 de abril de 2016

Reality Bites, a realidade da Geração X


Eu acredito que uma vez tendo a capacidade de percepção, podemos agir como esponjas e absorver tudo de qualquer coisa. No entanto me vejo entre quatro paredes ''nem tudo tem um significado oculto, nós, seres humanos temos essa incrível habilidade de tentar encontrar sinais e padrões em tudo que é coisa. Mas as vezes, as coisas simplesmente são e estão. Não são nada além daquilo que está mostrando''


Reality Bites, tem tudo para ser um Cult da década de 90, ambientado e filmado em 1994, a longa retrata como era ser jovem da geração x, que é uma expressão que se refere à geração nascida após o baby boom pós-Segunda Guerra Mundial. O desemprego, mesmo oferecendo mão de obra qualificada, a falta de experiência, os ideais liberais... e outras característica que permeiam a nossa geração também, ficam em evidência na trama. 


Reality Bites é um drama\comédia escrito por Helen Childress e dirigido por Ben Stiller. Estrelado por Winona Ryder, Ethan Hawke e Stiller, com papéis secundários por Janeane Garofalo e Steve Zahn. A trama segue Lelaina (Ryder), que é uma aspirante a cinegrafista trabalhando em um documentário chamado Reality Bites sobre as vidas privadas de seus amigos e companheiros. Seus desafios exemplificam algumas escolhas de carreira e estilo de vida enfrentadas pela Geração X.


Desde então, tem alcançado status de cult e tem sido apontado como um dos filmes dos anos 1990 que capturou o zeitgeist dos anos 90, a cena grunge entre aqueles que tinham vinte e poucos anos, ao mesmo tempo, chamar a atenção para várias questões que atormentaram os jovens americanos na época.



 Quatro amigos que recentemente se formaram na faculdade vivem juntos em Houston, Texas. Troy Dyer e Lelaina Pierce são atraídos um pelo outro. Troy tem dificuldades em manter um emprego. Lelaina era a oradora oficial de sua universidade, e tem aspirações para se tornar um documentarista, apesar de inicialmente ter que se contentar com uma posição como assistente de produção para um apresentador de TV rude e desagradável.

Vickie é uma vendedora da loja Gap, e  mais tarde promovida a gerente. Seu amigo Sammy Gray é gay; ele permanece celibatário, não por causa de um medo da AIDS, mas porque ter um relacionamento iria forçá-lo a sair da casa dos seus pais conservadores.


O que eu mais gosto nessa obra são as cores e a forma como alguns momentos são retratados pelas mãos de Lelania Pierce o estilo te pega de jeito e convida a sua retina a fazer parte dessa esfera nostálgica noventista, e eu adoro isso, todos os detalhes dessa época. As roupas, os hábitos, os videocassetes que estavam se popularizando naquele tempo, o medo da AIDS, o tratamento delicado que dão ao homossexualismo, e aquele gostinho agridoce da vida difícil e gratificante ao mesmo tempo.


A realidade morde. Não morde por ser cruel, ela não é cruel. Estávamos, apenas acostumados demais com o aconchego e proteção dos pais e agora jogados no mundo temos que aprender a sobreviver, não porque o mundo é cruel, e sim porquê não aprendemos a viver ainda, então somos mordidos até conseguirmos tal feito. Sozinhos.



Título Original: Reality Bites
Título BR: Caindo na Real
Ano: 1994
Duração: 1h 39min
Gênero: Drama, romance, comédia
Direção: Ben Stiler

Atores: Winona Ryder, Ethan Hawke, Ben Stiller,
 Janeane Garofalo, Steve Zahn, Swoosie Kurtz, 
Harry O’Reilly, Renée Zellweger

22 de março de 2016

Quando você se sentir ansioso ...


Ansiedade é um grande mal-estar físico e psíquico caracterizado pela agonia e aflição. Como lidar com esse sentimento? 

Quando você se sentir ansioso ...

1. Relaxe a sua respiração. Respire lenta e profundamente até sentir a tensão começar a diminuir.
2. Limpe sua mente de pensamentos perturbadores. Lembre-se de todos os seus pontos fortes, daquelas ocasiões em que você lidou, no passado, e de coisas que você ainda tem que lidar em diante.
3. Desligue a voz crítica em sua cabeça. Todos nós temos pontos fracos e tendências a cometer erros. Não abandone, ataque, ou se rejeite. Você precisa se apoiar e nutrir-se.
4. Cuide de si mesmo. Abandone temporariamente a situação estressante. Talvez ouvir música, ou converse com um amigo, ou brinque com seu animal de estimação, ou faça uma caminhada.
5. Não reaja. Você não tem que fazer nada agora. Tome um momento para assumir o controle de seus sentimentos e pensamentos. Em seguida, avaliar as situações, e pensar através de diferentes opções.
6. Coloque limites. Nós muitas vezes não temos a energia para dar limites - para retirar pessoas que drenam a sua energia.
7. Um fardo compartilhado é um fardo pela metade. Compartilhe como você sente com alguém que se importa. É bom pedir ajuda quando você está preocupado ou com medo.

BLOG UNTIL WE DIE | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2014-2015 © | DESIGN E DESENVOLVIMENTO: SANYT DESIGN